O Que é Bom Para Refluxo Na Garganta?

 

O que é refluxo na garganta? essa é uma dúvida muito frequente, e neste artigo nós vamos explorar a fundo esse problema, incluindo mudanças na dieta e no estilo de vida, bem como tratamentos médicos.

Então, como você verá mais a frente, o refluxo ácido, também conhecido como refluxo gastroesofágico, é uma problema que afeta várias pessoas em todo o mundo.

Uma das formas de identificar esse problema, e sentir o refluxo ácido é a sensação de queimação e irritação na garganta, que normalmente é muito desconfortável e dolorosa.

Mas felizmente, existem muitas coisas que você pode fazer para aliviar o refluxo na garganta.

O Que é Bom Para Refluxo Na Garganta
O Que é Bom Para Refluxo Na Garganta

Neste artigo nós vamos abordar os seguintes pontos:

1. O que é refluxo na garganta?
2. Causas do refluxo
3. Principais sintomas
4. Diagnóstico do refluxo na garganta
5. Melhor forma de tratamento
5.1. Mudanças na dieta e no estilo de vida
5.2. Tratamentos médicos
6. Prevenção do refluxo

O que é refluxo na garganta?

Então, o refluxo na garganta ocorre quando o ácido do estômago volta pelo esôfago e chega à garganta.

Isso acontece exatamente, quando o músculo que separa o esôfago do estômago, chamado de esfíncter esofágico inferior, não funciona da forma correta.

Por tanto, quando isso acontece, o ácido estomacal chega na garganta e causa azia e irritação, dor e inflamação.

Causas do refluxo

Então, existem diversas causas que contribui para o refluxo na garganta. No entanto, uma das principais causas do refluxo é o consumo de alimentos e bebidas que relaxam o esfíncter esofágico inferior, como café, chá, álcool, chocolate, alimentos gordurosos e apimentados. 

Outros fatores que contribui muito para esse problema são: a obesidade, tabagismo, gravidez e hérnia de hiato.

Principais sintomas

Os principais sintomas podem variar de pessoa para pessoa. Mas, geralmente incluem dor ou queimação na garganta, sensação de aperto na garganta, tosse seca, rouquidão e dificuldade para engolir.

Em alguns casos, o refluxo na garganta também pode levar a problemas respiratórios, como asma e pneumonia.

Diagnóstico do refluxo na garganta

O diagnóstico do refluxo na garganta geralmente envolve uma combinação de histórico médico, exame físico e testes, como endoscopia e pHmetria esofágica.

Durante uma endoscopia, um tubo fino e flexível com uma câmera na ponta é colocado na garganta do paciente para examinar o esôfago e o estômago. A pHmetria esofágica como é conhecida, mede o ácido no esôfago durante um período de 24 horas.

Tratamento do refluxo na garganta

Existem várias opções de tratamento para esse tipo de problema, incluindo mudanças na dieta e no estilo de vida, bem como tratamentos médicos.

Mudanças na dieta e no estilo de vida

Fazer mudanças na dieta e no estilo de vida é uma forma que ajuda a aliviar os sintomas do refluxo na garganta.
Algumas dessas mudanças incluem:

  • Evitar alimentos e bebidas que irritam o esôfago, como café, chá, álcool, chocolate, alimentos gordurosos e apimentados.
  • Evitar comer minutos antes de dormir ou se deitar logo após as refeições.
  • Elevar a cabeça da cama em cerca de 10 a 15 centímetros, para ajudar a prevenir o refluxo durante o sono.
  • Perder peso, caso esteja acima do peso.
  • Parar de fumar.

Tratamentos médicos

Se as mudanças na dieta e no estilo de vida não surtirem efeito e não aliviarem os sintomas do refluxo na garganta, existem tratamentos médicos que podem ajudar. Alguns desses tratamentos são:

  • Antiácidos: medicamentos que impede o ácido estomacal e aliviam os sintomas do refluxo.
  • Inibidores da bomba de prótons: medicamentos que reduzem a produção de ácido estomacal e ajudam
    a curar o esôfago danificado.
  • Procinéticos: medicamentos que ajudam a esvaziar o estômago de forma mais rápida e reduzem a quantidade de ácido que pode refluxar para o esôfago.
  • Cirurgia: em casos graves de refluxo, a cirurgia pode ser necessária para reparar o esfíncter esofágico inferior ou remover uma hérnia de hiato.

Prevenção do refluxo na garganta

Para prevenir-se desse problema, é importante fazer mudanças na dieta e no estilo de vida, como as faladas antes. Além disso, é importante manter um peso saudável, não fumar e evitar o consumo excessivo de bebida alcoólica.

Se você sofre desse problema com frequência, pode ser bom manter um diário alimentar para identificar quais alimentos e bebidas desencadeiam seus sintomas.

Enfim, o refluxo na garganta pode ser um problema desconfortável e dolorosa, mas há muitas coisas que você pode fazer para aliviar os sintomas.

Fazer mudanças na dieta e no estilo de vida, como evitar alimentos irritantes e elevar a cabeça da cama, normalmente alivia os sintomas.

Se essas mudanças não derem resultado nenhum, existem tratamentos médicos disponíveis. Lembre-se de sempre consultar seu médico especialista, para que ele possa diagnosticar de forma mais clara a causa e recomendar o melhor tratamento para você.

Veja mais artigos do seu interesse abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *